mas muito pra mim é tão pouco, e pouco é um pouco demais…

esse remédio para insônia é tiro e queda. al�vio imediato!

esse remédio para insônia é tiro e queda. alívio imediato!

deita, rola, enrola, levanta.
faz um chá, fuma um cigarro, deita.
vira, mexe, remexe, assiste uma série qualquer, deita.
respira, levanta, pega o notebook, escreve.

prefiro a noite, o sexo é melhor, o trabalho rende mais, terceiras intenções estão a solta por todos os lados, não tem sol nem barulho, mas existe um porém, a insônia. ela me deixa maluco quando apenas desejo dormir.

meu ritmo de vida anda em descompassado, nunca fumei e bebi tanto, me alimentei mal e fiquei sem me exercitar (sexo não conta) como agora. a insônia tornou-se rainha de minha vida.

vamos aos números:

  • 22 dias.
  • 18 noites de insônia.
  • 5 refeições (pães, salgados, doces, miojo e pastel não conta).
  • 15 mulheres.
  • 375 momentos estressantes (conta precisamente arredondada).
  • 7 bons momentos.

não sei muito de astrologia, mas a balança deste libriano está lastimável. sinto vergonha do tão pouco que li neste mês, mas cadê a concentração?

findado os lamentos, amanhã tenho um encontro.

vamos a livraria, não me culpem, foi sugestão dela, juro! rs. passaremos o fim de tarde, lendo, rindo, conversando, quem sabe um filminho? nada mal… ainda tem o café, seguirei experimentando todos os nespressos até escolher meu preferido.

às vezes me esqueço do caco que estou, nós homens precisamos de muito pouco para sermos felizes, definitivamente! rs.

Muito Pouco – Maria Rita

About these ads

14 Responses to “mas muito pra mim é tão pouco, e pouco é um pouco demais…”


  1. 1 poetriz julho 23, 2008 às 8:39 am

    Tanta insônia deve ter algum motivo.
    Talvez a resposta venha com um pouco de silêncio.
    As vezes a gente se ocupa demais, corre demais, arrumar demais, só pra tentar ofuscar a vozinha interior. Aquela que sempre sabe o que está errado.

    Ou talvez ainda. Eu tenha vindo aqui do nada e para nada. No máximo pra deixar um comentário.

    E por fim, lembrei de Zizi Possi: “Tudo pra mim não basta, eu quero absurdos, quero amor sem fim…”

    Bom texto.

    E boas insônias. Um dia, a gente acostuma com ela. Acredite. São 4 anos assim…

    Bjs!

  2. 2 B - A Vida Secreta julho 23, 2008 às 11:58 am

    Não sou muito de insônia, tenho uns horários alternativos de vida, mas quando bato na cama quase sempre durmo. Quase sempre, porque esta semana tem sido meio complicado, nem masturbação tem relaxado antes de dormir… risos.

    Já passei por longos períodos de insônia, quase todos em momentos estressantes da minha vida. Como dizem, ficar fritando na cama é muito chato. Não tenho dicas, nem remedinhos miraculosos, nunca funcionaram comigo nestas fases. Em momento de alto stress, já tomei 3 ansiolíticos/dia e nem assim tinha um soninho de anjo. Ficava meio lesada, mas não dormia lá estas coisas.

    Se posso fechar os olhos e desejar alguma coisa, feito pedido para gênio da lâmpada, desejo que esta tua fase de agitação passe logo e que vc durma em paz. Dormir é bom!

  3. 3 Sentimental julho 23, 2008 às 3:39 pm

    É, insônia é complicado. Com ela vem um monte de excessos, e isso não é legal, sei bem o q é isso. Na fase mais crítica da minha vida insone eu apelei pra acupuntura e deu certo, ajudou em muita coisa, inclusive as minhas enxaquecas sumiram…
    Melhoras e beijos

  4. 4 Deby julho 23, 2008 às 5:12 pm

    Nossa insônia é terrível, há um tempo atrás fiquei pela noite rolando no colchão por alguns meses, nada fazia com que pegasse no sono, a mente ficava a mil. Concordo que stress é um dos maiores motivos para insônia, na época estava passando por um momento bem agitado, o que me ajudou foi voltar pra academia acho que conseguia aliviar um pouco do stress não dormia noite toda mas já dormia algumas horas. No texto vc comentou que parou de se exercitar, quem sabe se voltar não ajude? Espero que este período insone acabe logo.

    Bjs.

  5. 5 Deby julho 23, 2008 às 5:15 pm

    Ah esqueci de falar no comentário anterior, ótimo encontro amanhã.

    Bjs.

  6. 6 Sentimental julho 23, 2008 às 7:30 pm

    Ah, vc é libriano? De qndo?
    beijos

  7. 7 jade julho 23, 2008 às 11:18 pm

    Nossa, eu sofro com insônia há algum tempo, é ruim pq pelo menos no meu caso, durante o dia, geralmente eu fico muito estressada, com dificuldade de concentração,é horrível mesmo, ultimamente tenho apelado p o chá de camomila, ajuda mas nem tanto,
    ótimo local p o encontro de vcs,
    eu gosto muito de café mas é outro vilão do sono,
    Bjus.

  8. 8 Urban julho 24, 2008 às 7:32 am

    putz que listinha terrpivel hein R.!
    se cuida garoto, se cuida, rs

    qto à astrologia só se eu visse teu mapa, os trânsitos, os aspectos (tendeu nada, né, rs?), aí eu podia dar um pitaco.

    melhoras! :)
    beijo

  9. 9 B - A Vida Secreta julho 24, 2008 às 1:26 pm

    Viu o que eu falei a respeito do blog aqui, moço? http://www.avidasecreta.com/eu-leio/ Só hoje estou avisando para os homenageados… Beijos!

  10. 10 Lia julho 24, 2008 às 2:10 pm

    “sinto vergonha do tão pouco que li neste mês, mas cadê a concentração?”

    Neste mês? Sinto vergonha pelo pouco que li desde dezembro, e pelo mesmo motivo. Falta de concentração é uma bosta! :(

  11. 11 Srta. Rosa julho 24, 2008 às 5:57 pm

    Mmmmmmmm… libriano é? Então acho que é uma uruca generalizada. Ascendente e lua, quais são?

    Bezzos, querido. Suerte. Que seja lá mesmo entre as pilhas de livros que esteja um bumbum paticumbum prugurundum que saiba cozinhar algo diferente de miojo pra você, kakakaka.

  12. 12 Sentimental julho 24, 2008 às 10:36 pm

    E aí, como foi o encontro?
    beijos

  13. 13 Caleydoscope Eyes julho 25, 2008 às 9:59 pm

    Uma libriana insone declara: em 22 dias você teve a mesma qtde de mulheres que uma libriana com insônia em tratamento teve numa vida…TÁ RECLAMANDO DE QUÊ?

    (blah, fumante)

  14. 14 Pimenta Jalapeño julho 26, 2008 às 11:16 pm

    vidinha agitada tem dessas coisas. eu também sofro um pouco de insônia e o ritmo bem acelerado fez com que de ontem pra hoje eu ficasse de cama. até hospital e remédio intravenoso rolou.
    sometimes life sux. o encontro serviu pra alguma coisa, pelo menos?
    beijos ardidinhos,
    Jalapeño


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




autor

R. é audacioso, provocativo e comunicativo. ávido leitor, ele é freqüentador assíduo de livrarias e também um apaixonado pelo cenário underground e cultural de São Paulo. sua paixão por livros rivaliza-se apenas a sua pelas mulheres. leia mais sobre mim.

leitura atual

Discursos impios, de Marquês de Sade

Discursos ímpios, de Marquês de Sade

veja o que já li

notas em destaque

histórico

extras


adicione rss - feed

selos


prêmio dardos

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: